Blog

Dor na perna pode ser problema de circulação?

Dor na perna pode ser problema de circulação? Explico tudo em nosso blog!!
Dor na perna pode ser problema de circulação? Explico tudo em nosso blog!!

Perna pesada, cansada, dolorida, um pouco inchada no final do dia. E na hora de deitar para dormir é que os sintomas se manifestam mais intensamente, a perna fica inquieta, sem posição que alivie o desconforto.

Muita gente procura o consultório com essas queixa, isso é extremamente comum. Tratamos pessoas assim todos os dias.

Por que será que isso acontece?

Para entendermos como os sintomas aparecem, precisamos entender como a circulação sanguínea funciona. A partir do bombeamento do coração, as artérias levam o sangue rico em oxigênio e nutrientes para todas as partes do corpo. Esse sangue precisa voltar ao coração para em seguida ser enviado aos pulmões para ser oxigenado novamente. Após essa passagem nos pulmões, o sangue volta rico em oxigênio novamente para o coração e o ciclo recomeça. Perceba que a parte de bombeamento do coração e oxigenação do sangue pelos pulmões não exige nenhuma ação voluntária nossa, tudo acontece automaticamente. Já o retorno do sangue para o coração, ele precisa de uma pequena ajuda da gente.....

A volta do sangue para o coração se dá pelas veias. E é aqui que começa a explicação para os nossos sintomas.

Para que o sangue retorne pelas veias, os músculos devem se contrair e dessa forma ejetar o sangue que está nas veias, direcionando-o para o coração.

Quando passamos muito tempo parados, os músculos não contraem adequadamente, e as veias vão ficando distendidas em razão da maior quantidade de sangue dentro delas. Essa distensão é a causa dos sintomas - dor, peso, cansaço, queimação, ardência e inchaço. 

Quem já passou a noite viajando de ônibus vai se identificar agora: lembra como você chegou ao destino? Com certeza a perna estava meio pesada e desconfortável, com os tornozelos um pouco inchados.....isso acontece devido à posição sentada e pouca movimentação ao longo da viagem, que impede a adequada contração dos músculos e consequente dificuldade de retorno do sangue pelas veias.

No nosso dia a dia pode acontecer isso também. Trabalhamos sentados a maior parte do tempo, sem se movimentar muito. O processo é o mesmo.....tem gente que leva até um outro calçado de número maior, ou um chinelo pro trabalho para trocar porque os pés ficam tão inchados que nem cabem no calçado no fim do dia.

Na maioria das vezes, a causa dos sintomas é decorrente desse nosso comportamento inadequado.

Sedentarismo e pouca movimentação, aliado a sobrepeso ou mesmo obesidade, são as causas principais dos sintomas. A boa notícia é que não costuma haver nada de errado com a circulação, ela só fica "sobrecarregada" devido ao estilo de vida ruim.

Mudanças nos hábitos alimentares, prática de atividade física regular e movimentação regular ao longo do dia são medidas eficazes para resolver os sintomas.

Todavia, algumas pessoas vão apresentar problemas na circulação, e isso pode também exacerbar os sintomas.

A principal causa de sintomas - dor, peso, cansaço, queimação, ardência e inchaço - são as varizes. Às vezes a pessoa não percebe que tem as varizes nas pernas, e quando passa pela avaliação do Cirurgião Vascular, ele identifica as varizes e seu tratamento - juntamente com as medidas de mudanças de hábitos de vida - pode melhorar muito os sintomas.

Aqui no blog você vai encontrar muita informação sobre varizes e seus tratamentos.

A mensagem principal é a seguinte: se você sente dor, peso, cansaço, inchaço nas pernas, você deve procurar um Cirurgião Vascular para uma consulta.

É possível que com orientações e explicações ele consiga melhorar seu quadro, mudando alguns hábitos e comportamentos. Mas ele também é o especialista indicado para avaliar a presença de varizes, e assim determinar a necessidade de tratamento e qual a melhor opção para o seu caso.

Mas já comece a cuidar de você: cuide da alimentação, procure controlar o peso corporal, beba bastante água, evite ficar parada na mesma posição por períodos maiores que 30 minutos e faça atividade física regularmente. Isso já vai trazer um grande impacto na su qualidade de vida.

Se você gosta dos nossos conteúdos, compartilhe com pessoas que você acredita que precisem ler essas informações!!!